A vida que ninguém vê

11/12/2008

Vende mais por que é fresquinho? Ou é fresquinho por que vende mais?

Filed under: Crônicas — Karina Ribeiro @ 21:52
Tags: , , ,

Há alguns anos, artigo de luxo era ter um aparelho televisor em casa. Chateaubriand acertou na mosca. Com a chegada da televisão, os ouvintes de rádio transformaram-se em fiéis espectadores. Mesmo que fosse para acompanhar os inovadores programas de auditório da poltrona do vizinho.

As notícias foram do papel acinzentado do jornal, para as imagens em preto e branco da televisão. Os telejornais tinham a responsabilidade de manter seu público informado e entretido todas as noites. Agora já era possível desfrutar longas horas na frente daquela telinha, que num piscar de olhos se tornou um veículo de grande audiência.

Os anos foram passando. Novas técnicas foram aperfeiçoando a televisão, que já fazia parte da família brasileira. Luxo agora era reunir-se para acompanhar a veracidade que os noticiários, as telenovelas e os filmes de ficção traziam com o televisor colorido.

Num instante, a tecnologia transformou o mundo. E a TV também. Sua estrutura foi crescendo, crescendo. Quanto maior o número de polegadas, mais luxuosa. Sua forma arredondada foi esticando, esticando. Com o cristal líquido e a plasma, a tela plana também foi afinando, afinando. Quase como uma massa de modelar, a televisão virou um artigo de decoração, como um quadro pendurado na parede.

Com a modernidade, surgiu a falta de tempo. Aquelas longas horas na frente da telinha reduziram-se à brevidade das chamadas iniciais dos telejornais. Linda, grande e magra. Mas pendurada na parede sem ser notada.

Prevendo um final triste, algumas “pequenas” alterações já foram providenciadas. Tão pequenas, que hoje é possível levar sua TV no bolso e ainda acompanhar sua programação preferida de qualquer lugar. Portátil e interativa, a televisão nos aparelhos celulares, recentemente chegados ao Brasil, sem dúvida, conquistará o homem moderno. Resta saber se toda essa evolução ocorre por que não conseguimos mais viver sem a televisão, ou se ela não sobreviveria mais sem tanta audiência?

Inovação

Aparelho da Nokia já traz a novidade

 

 
Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.