A vida que ninguém vê

15/06/2011

Personal ou impessoal?

Filed under: Devaneios,Karina Ribeiro — Karina Ribeiro @ 19:13
Tags: , , , ,

Segundo estudos na área, 55% da primeira impressão que as pessoas têm umas das outras está baseada em sua aparência e suas ações, 38% em seu tom de voz e 7% no que diz. Ou seja, somos criaturas visuais!

Não é a toa que a busca por atendimentos personalizados tem crescido exponencialmente.

E hoje em dia tem personal pra tudo:

  • Personal trainer: preparado para proporcionar saúde, estética, bem estar e auto-confiança aos seus clientes.

 

  • Personal stylist: que auxilia o cliente a encontrar seu próprio estilo, para que ele expresse com autenticidade seu verdadeiro “eu”.

 

  • Personal dancer: profissional que ensina seus clientes dançarem.

 

  • Personal chef: que ajuda a escolher o cardápio da sua casa.

 

  • Personal dieter: contratado pelas mães para ensinar os filhos a comer de forma saudável.

 

  • Personal florista: para ajudar as pessoas a cuidarem de suas plantas e decorar a casa com flores.

Ops, pera aí!

Então o mercado profissional que se expande no momento é o Personal quase tudo.

Tudo bem que – com a correria do dia-a-dia, o crescimento das mulheres no mercado de trabalho, as multi-tarefas diárias – algumas tarefas acabam sendo terceirizadas para simplificar a rotina. Mas se você tiver um personal pra tudo, muito em breve, não haverá mais a necessidade de se socializar, nem de exercitar a criatividade.

Mas criatividade pra que mesmo, se existe uma pessoa pra escolher suas roupas, suas flores, a decoração da sua casa, sua comida e até a educação alimentar de seus filhos?

Seguindo as tendências não tem erro, apenas corre-se o risco de ser uniformizado, padronizado, estereotipado, embalado, rotulado com impessoal.

Sim, impessoal!

E como diria um conhecido: “tudo em excesso é veneno”.

Por isso, cuidado por que com o Personal Planning – planejando, organizando, dirigindo e controlando sua vida – daqui a pouco de pessoal mesmo você só terá a respiração!

Blog no WordPress.com.