A vida que ninguém vê

06/07/2009

Triste realidade

Filed under: Karina Ribeiro — Karina Ribeiro @ 22:40
Tags: , , , ,

Em um dia desses, em um congestionamento normal, estou escutando uma música, não me lembro qual. A melodia acaba e o locutor chama a atenção dos ouvintes para um comercial qualquer. Olho para meu lado direito, uma fila sem fim de carros. Olho para meu lado esquerdo, alguém embrulhado em um pedaço de pano dorme em cima de um papelão na guia da Avenida Tiradentes em São Paulo.

Essa parece uma cena do cotidiano, mas não resisti e registrei esse momento com uma foto. Depois de tirada, para minha surpresa, vi que em cima dessa pobre pessoa estava uma luz a brilhar. Seria um poste de luz? A lua? Ou o bom Deus a iluminar aquele sono sofrido de uma pobre pessoa?

Parei um segundo e pensei, estou aqui reclamando do trânsito, mas tenho um carro para dirigir. Estou reclamando do frio com a mudança brusca da temperatura, enquanto tenho um cobertor e uma cama quentinhos em casa. Estou reclamando, reclamando, reclamando…

Enquanto aquela pobre pessoa nada tem a reclamar, se tem frio só pede a Deus para amenizar, se tem fome pede ao próximo que o ajude, sofre calado e dorme sem questionar.

Às vezes nos esquecemos de olhar para o lado, pensamos em nossa vida, nossos problemas, olhamos para nosso próprio umbigo e deixamos de lado a realidade que nos rodeia. Tiremos o cabresto que a rotina colocou em nossa cabeça, para perceber que muitos reclamam sem precisar, enquanto outros apenas sobrevivem sem protestar.

Anúncios

Blog no WordPress.com.